Desafio dos dois meses: dia 60

Padrão

 

Esses dias têm acontecido coisas muito boas referentes a minha história de emagrecimento, e que me fizeram resgatar algumas fotos e fazer algumas comparações:

Não sei se as pessoas que estão/são obesas podem endossar o que vou falar, mas apesar de, no auge do meu peso, saber exatamente quanto estava pesando (e saber que era MUITO), não me via no espelho tão imensa quanto via nas fotos. Muitas vezes olho agora e penso “ah, perdi ´só´ 25 quilos, mas nem mudou taaaanta coisa, ainda tenho sobrepeso e tals”… por isso gosto de colocar uma foto ao lado da outra pra comparar. Aconselho todo mundo a fazer isso e não ter vergonha de tirar fotos quando estiver no máximo do peso. Por incrível que pareça, é um incentivo a mais ver aquela foto, e ao aparecerem os primeiros resultados, fazer as comparações. Me arrependo de não ter tirado de corpo inteiro, de vários ângulos, só pra comparar, rsrs.

Meu pai tirou a segunda foto anteontem, e foi legal constatar que estava com um vestido “difícil” como esse e ele serviu tão bem: cava americana (beeem cavado), bem acinturado, com pouca “roda” na saia… antes eu usava muitos vestidos mas procurava os mais abertos possíveis…  aqueles indianos super armados, pra disfarçar tudo que podia! Infelizmente não tenho nenhum pra mostrar pois vendi quase todas minhas roupas de fofinha na minha lojinha do enjoei: www.enjoei.com.br/marilialib, mas no post de amanhã quero mostrar uma roupa que resgatei esses dias e a diferença no corpo.

Isso me motiva, me anima e faz ter vontade de continuar, não apenas com a dieta, mas também com a rotina de exercícios!

Amanhã devo perder algumas caloriazinhas na São Silvestre. Olhem o percurso:

percursoss

Pra quem não sabe, a São Silvestre não é uma Maratona. Uma maratona tem por volta de 42km e a São Silvestre, apenas 15km. Mas isso não diminui sua dificuldade ou desafio.

Pensem em alguém ansioso: essa sou eu.

Hoje foi meu day off. Costumo dar um dia de descanso para o corpo antes de qualquer prova de rua. Treino corrida na esteira com frequência, porém a corrida na rua requer mais esforço e concentração, sem contar o preparo físico que deve estar 100%, afinal o objetivo de conquistar a medalha não pode ser ignorado, pra mim é impensável desistir!

Hoje não pensei tanto em dieta propriamente dita mas sim em alimentos que pudessem otimizar meu rendimento amanhã. Leio muuuito por ai sobre os benefícios do macarrão em refeições antes de provas longas:

“Tanto é assim que quase 100 entre 100 atletas comem uma macarronada no jantar do dia que antecede as provas. O que torna esse alimento tão especial para um atleta? A resposta é fácil: a sua composição. O macarrão é feito de trigo, um cereal, portanto, é uma fonte de carboidrato, nutriente que serve principalmente para dar energia ao corpo, além de preservar a massa muscular nos esportistas, facilitar o metabolismo das gorduras e garantir o bom funcionamento do sistema nervoso.

A diferença entre o momento em que o macarrão é ingerido e o momento em que ele é absorvido deve-se ao chamado índice glicêmico (IG), que é a velocidade com que um alimento que contém carboidrato leva para ser absorvido e para que ele eleve a taxa de açúcar no sangue. Por ter amido, a massa eleva a glicemia gradualmente, o que é bom para quem se exercita, afinal, isso é o que garante que não faltará energia durante a atividade física ou a corrida.

Os carboidratos complexos presentes no macarrão são a melhor porção de energia para um atleta, e quem treina regularmente deve priorizá-lo na alimentação do dia a dia, pois garantirá que sempre haja estoques de glicogênio no corpo, que permitirão que ele mantenha o ritmo em treinos mais longos.”

Fonte: http://www.sportlife.com.br/nutricao/os-beneficios-do-macarrao-para-corredores

Foi o que acabei de comer. Uma bela macarronada com molho de tomate. E me deliciei, né, afinal sou pirada em macarrão, rsrs.

Amanhã vou tentar seguir esse guia que encontrei no Facebook, achei bem coerente:

FullSizeRender (69)

  • O café da manhã eu já faço certinho, desde as primeiras corridas. Vou tentar a dica da água e do gel de carboidrato, que ganhei no dia da retirada do kit. Não sou muito de “géis”, mas parece interessante a idéia de utilizá-lo 15 minutos antes. A concentração para a prova demora um pouco, e ás vezes chego a largar com fomeee!!! Talvez isso evite essa situação.
  • Sempre bebo nos pontos de hidratação, mesmo não estando com tanta sede. Li no livro do Drauzio Varella algumas informações sobre desidratação que me impressionaram bastante e desde então tenho me atentado mais às aguinhas no percurso. Sempre molho os punhos, a nuca e os joelhos (os meus esquentam muuuito, kkk). O gel de carbo no km 7 eu vou ter que comprar amanhã cedo pois só tenho um sachêzinho e acho válido levar outro sim. Algumas provas, como a Venus 15K, oferecem balinhas pra repor carboidrato, mas não acredito que teremos isso na São Silvestre.
  • Depois da prova, acho super dificil me alimentar. Meu corpo aceita bem frutas, banana, mas o resto me dá embrulho no estômago só de pensar. Na Venus 15K, além das frutas levei umas bolachinhas BelVita, estou pensando em levar novamente #blogueiraprevinida

Não vejo a hora de contar pra vocês como foi minha corrida!!! Até amanhã!!!

Anúncios

Desafio dos dois meses: dias 56 a 59

Padrão

Oi pessoal!!!

Adivinhem quem perdeu mais meio quilo, mesmo em meio a comilanças de final de ano??? Isso mesmo, euzinha!!! Ao todo, são 3 quilos eliminados no nosso desafio!!!

Me pesei hoje e quase saí pulando de alegria!!! Não fiz muitos exercícios pois estava numa correria danada e a academia fechada… mas caminhei bastante!!! Tudo que podia fazer a pé, eu fiz, rsrs…

Acredito que esse seja um dos segredos de uma dieta de sucesso. Não surtar, não se prender tanto… vejam vocês, eu comi bemmmm no Natal: peru, tender, batatas assadas, farofa (amoo), maionese… uma refeição ou duas não vão colocar meses e meses de bom trabalho a perder!!! O importante é: SABER VOLTAR.

Pensando nisso, hoje, academia aberta, lá fui eu treinar de novo:

IMG_0531

Seria uma época do ano perfeita pra descansar, e eu juro que estou cansada… esse ano foi muito puxado, e esse final de ano está sendo corrido demais, mas não consigo mais ficar sem me exercitar, parece que estou sabotando meu compromisso comigo mesma. Os resultados só aparecem quando a gente se compromete pra valer!!!

IMG_0532

Mudando de assunto, domingo fui ao Ginásio do Ibirapuera pegar meu tão esperado kit da São Silvestre!!!

FullSizeRender (68)

Achei a camiseta bem legal, pedi uma bem grande pois ODEIO camiseta agarrada pra correr! Veio o chipzinho e o número de peito, além da pulseirinha indicando o pelotão de saída e alguns brindes legais como água de coco, bebidinha de café, gel de carboidrato…

Achei bem organizado o esquema de retirada dos kits, a hora que fui estava bem tranquilo, peguei em menos de 15 minutos e deu tudo certo. Ao sair, havia uma feira com artigos de corrida, pena que estava com pressa e não consegui olhar com calma.

Minha preparação pra São Silvestre está bem ok: perdi 3kg, estou mais ágil e me sinto mais forte, principalmente minhas pernas. Estou fazendo um treino de musculação com MUUUUITOOOOO agachamento, e tá funcionando, viu?

E tudo isso tem propósito: quero estar 100% pra correr a corrida mais famosa do Brasil, curtir cada segundo, encerrar meu maravilhoso ano com chave de ouro!

Não pode parar!!!

Desafio dos dois meses: dias 52 a 55

Padrão

Olá pessoal! Primeiramente, FELIZ NATAL! Que o dia de hoje nos faça refletir sobre o nascimento de Jesus e o amor, que é a coisa mais importante da vida!

Bom, passei quase ilesa pela ceia e almoço de Natal. Claaaro que eu não tinha a ilusão que, comendo tantas delícias, ia perder peso. Mas confesso que é meio frustrante chegar ao final do desafio sem chegar bem pertinho da minha meta.

Mas enfim, uma das coisas mais importantes no emagrecimento não é apenas PERDER, mas sim MANTER. Normalmente, quando a gente perde muito peso, dá uma relaxada, mata a saudade das gordices… Esse ano eu fiz isso e engordei um pouquinho… mas depois meu alerta mental começou a tocar: BEEEEEEEEP BEEEEEP OLHA O PESOOO!!! Readequei a dieta, investi pesado nos exercícios. E voltei ao normal. Mas, definitivamente não foi a mesma dieta que fiz anteriormente.

Pensando neste assunto, coincidentemente, hoje ganhei uma revista Super Interessante, a edição de janeiro, que logo na capa traz uma reportagem sobre calorias:

IMG_0463

Aconselho, quem tiver curiosidade e quiser mais “lógica” para entender de fato o emagrecimento, levando em consideração características fisiológicas do nosso corpo e dos alimentos, que compre essa revista, leia com atenção e pesquise mais sobre os temas abordados.

Por exemplo, uma coisa interessante é a forma como a quantidade de calorias diárias que o indivíduo deve consumir são classificadas, muitas vezes, de forma generalista, quando na verdade, precisam ser medidas de acordo com fatores como: sexo, idade, peso, sedentarismo (ou não)… o que dá a taxa metabólica basal, um dado que fornece uma quantidade mais precisa de calorias a serem consumidas diariamente. Na revista tem como você pode calcular.

Eu uso essa conta há muito tempo, aprendi quando fiz curso técnico de Nutrição, há mais de 10 anos, e funciona mesmo. Recentemente, fiz para o meu namorado, que tem características físicas e biológicas muuuito diferentes das minhas, e a quantidade que ele e eu podemos consumir é totalmente diversa. Apesar de eu pesar menos e ter uma vida mais ativa em relação a exercícios, ele pode consumir bem mais calorias que eu! E com esse cálculo, conseguimos adequar a dieta dele e ele perdeu peso.

E a reportagem fala também sobre a dificuldade de perder mais peso após um declínio significativo. No meu caso, perdi muuuuito, mas é nítida a dificuldade que tenho agora pra perder mais. Não vou me aprofundar no assunto, acho que a revista é mais clara e específica, mas entendendo a lógica do metabolismo fica mais fácil ter paciência e clareza pra seguir em frente.

Mudando de assunto, semana que vem corro a São Silvestre. É uma corrida importante para mim, nunca tive a oportunidade de correr e estou muito ansiosa!!! Não pelo percurso em si, já corri 15km em outras corridas, mas pela sensação de estar prestigiando minha cidade e um evento tão especial.

Força nesse final de ano, e não deixe para 2016 o que você pode começar agora!!! Coma, mas coma com moderação, tente se exercitar e vamos chegar todos às nossas metas no ano que se inicia semana que vem! Não pode parar!

Desafio dos dois meses – Dias 45 a 51

Padrão

Oi pessoal!!!

Fiz a pesagem da semana e infelizmente não perdi nada… são 2,5kg perdidos até o momento e acredito que não conseguirei atingir a ambiciosa meta de 10kg perdidos até dia 31. Não vou dizer que estou triste porque depois de ter perdido tanto peso, é normal que os últimos quilos sejam mais penosos de perder. O problema é que isso leva muitas pessoas a desistir ou a fazer dietas malucas para tentar perder os quilinhos restantes.

Não é meu caso. Não tenho pressa de perder esses últimos quilos pois estou bem satisfeita com meu corpo, mas até dia 31 gostaria de perder mais alguma coisa pois é o dia que correrei a São Silvestre, e são 15km, uma corrida pesada com trechos de subida, e queria estar mais ágil, menos pesada. Essa semana vou cumprir à risca o programa de dieta e exercícios, apesar de ser Natal não considero uma data perigosa, não tenho o costume de exagerar tanto em festas, mesmo porque não me privo de nada, então serão dias normais.

O problema é que a academia fecha neste período de festas, e terei que recorrer a parques ou até mesmo a caminhadas e corridas na rua. Ano passado fiz isso e foi bem tranquilo.

A novidade do dia foi que fiz uma corrida muito louca e diferente ontem (domingo)!!! Minha companheira de corridas (Cá), me presenteou, em meu aniversário, com a inscrição para correr a Bravus Race etapa Speed. É uma corrida de 5km, com uma série de obstáculos no melhor estilo militar… Já tinha visto alguns vídeos na internet, mas ao vivo é totalmente diferente.

Minha preparação foi descansar muito no dia anterior, dormir cedo. Acordei as 06:45 da manhã e fiz meu café com adoçante e um pão de queijo de frigideira com recheio de requeijão, pois sabia que precisaria de uma dose extra de energia para render bem nos obstáculos. Cheguei no Jockey Club às 08:30 e encontrei minha equipe. Éramos em mais de 10 pessoas, então fiquei mais tranquila porque sabia que teria um bom time me apoiando durante o percurso.

IMG_0377

Team Kovack, limpinhos antes da corrida, rsrs…

Fizemos um pequeno aquecimento junto a equipe da Bravus e logo de cara um muro de madeira de uns 2 metros nos esperava. Não estou acostumada a “pular” coisas desde a infância, kkk… mas até que me dei bem, consegui pular me apoiando nos rapazes, que foram nota 10 o percurso inteiro, sem eles provavelmente eu não conseguiria.

Depois vieram muitos pneus espalhados pelo chão e passar correndo por eles, andar agachado passando por pequenos espaços, mais muros seguidos e cada vez mais altos, carregar troncos de madeira, subir em obstáculos super altos, nadar em piscinas de gelo, carregar o amigo nas costas, escalar o monte bravus, subir em cordas, passar por baixo de arame farpado rastejando (essa doeu, rsrs). passar por choques elétricos e pular fogueiras…

IMG_0384

Um dos tranquilos obstáculos que nos esperavam rsrs…

IMG_0385

Mas o time sempre junto, olhem como estávamos limpinhos no meio da prova!!!! Muuuuita, mas muuuuuuuita lama!!!!!!!!!!!!

Foi, sem dúvida nenhuma, a prova mais desafiadora que fiz até hoje. Os obstáculos, em sua maioria, eram difíceis, tive que me esforçar muito mas no meio da prova, a adrenalina é tanta que você se esquece dos seus limites e faz tudo meio que no automático.  O treino de musculação, neste momento, fez uma diferença absurda. Me senti forte para a maioria das coisas, sentia que meu corpo respondia bem… e não me contundi nem tive machucados sérios. E olha que caí, hein… Rolei, bati, arranhei…

Na chegada, é uma delícia atravessar a linha de chegada com o time, depois de passar por tanta coisa…

IMG_0383

Pra quem se interessar, minhas impressões:

  • Boa organização da corrida, obstáculos simples de entender, equipe médica e de apoio sempre a postos e dando orientações.
  • Senti falta de ter ido com uma calça mais comprida (minha canela ficou toda arranhada), e com uma blusa com mangas compridas também (cotovelos destruídos). O calor não é o pior problema ali, acreditem, rsrs.
  • Fui com a minha luva de musculação e fez toda a diferença, principalmente em obstáculos de escalar. Minhas mãos são meio fraquinhas e suo demais nelas, seria quase impossível.
  • Espírito de equipe é tudo nesta prova. Vá com seus amigos, mas saiba que lá, todo mundo, mesmo de equipes diferentes, é amigo! Em vários obstáculos fui ajudada e ajudei pessoas que nunca tinha visto na vida, isso é muito gostoso.
  • Vá com a roupa mais velha e surrada que você tiver, tênis idem. O negócio é FEIO depois.
  • Tem duchas para se banhar, mas não espere dignidade ou privacidade, rsrs… mas depois de tudo que se passa ali, isso não faz muita diferença rsrs.

IMG_0370

Saí de lá toda feliz com minha medalha e com uma sensação de ter feito algo muito radical!!! Nunca fui dessas coisas, gosto de programas calminhos, tenho medo de altura, mas ali tive que superar tudo isso e fiquei muito orgulhosa de mim mesma. Sair da zona de conforto é incômodo, mas aprendi em um curso que fiz ano passado, que é fundamental para o crescimento e o desenvolvimento pessoal! Você não sai de uma experiência dessa do mesmo jeito que entrou. Aliás, eu não saio de nenhuma corrida do mesmo jeito que entrei. Sempre sinto que aprendi algo, que acrescentei algo na minha vida. E isso ninguém tira da gente.

#SOUBRAVUS e amei a experiência!!! Obrigada Cá, pelo presente, time Kovack, pelo apoio e amizade durante a prova, e aos meus pais, que me prestaram assistência pós-prova: muito dorflex, cataflan, escalda-pés…

O que me fez perder tanto peso foi esse pensamento de superar meus limites!!! Estou cada vez mais animada e realizada e espero inspirar outros a fazê-lo!!! Se desafie, confie do seu potencial, e o mais importante, NUNCA PARE!!!

Desafio dos dois meses: Dias 41 a 44

Padrão

Oi pessoal!!!

Sei que hoje era o dia da pesagem oficial, mas vou deixar pra amanhã porque ontem comi uns docinhos e não queria desanimar, hoje fiz tudo certinho e espero ter bons resultados, hehehe #truques

Ontem fiquei master feliz, pois minha história de emagrecimento e corridas foi publicada em uma revista especializada, a O2 por minuto, que faz parte da Ativo, que organiza diversas corridas Brasil afora, e eu já participei de várias.Gosto muito da revista, tem dicas valiosas para corredores amadores como eu, e foi uma grande honra ver minha história publicada e relembrar minha trajetória. Segue aqui a página em que saí:

IMG_0031

Ameeeei tudo! E amei o título!!! Realmente é uma história de amor que tenho vivido com a corrida… 

Desde que tudo isso começou, eu digo que perdi a vergonha de tudo: de me expor, de tirar fotos, de pedir incentivo, de compartilhar e conhecer pessoas, hoje em dia tudo isso faz parte da minha vida e me ajuda tanto a ter forças para continuar!!!

Já fiz mil dietas na vida, inclusive antes da explosão das redes sociais, e emagrecer é um processo longo, por isso gosto de usar essas ferramentas a meu favor. Já fiz um post sobre o apoio das pessoas na dieta (aqui), e embora eu endosse que a força interior é o que vai fazer você emagrecer, acredito que ter um certo apoio é importante para algumas pessoas, e as redes sociais estão aí pra isso!!!

Quando comecei a postar no Facebook (Marília Lib, me add!) sobre o Spa, fiquei impressionada com a quantidade de amigos que me apoiaram e se interessaram através das redes sociais. Apesar de ter sido adepta da internet desde sempre, ter tido blog, fotolog, ainda ficava meio acanhada em expor minhas razões e motivações, já que eram coisas muito íntimas e até mesmo dolorosas.

Mas depois que meu inbox se encheu de histórias muito parecidas com a minha, de pessoas que queriam dar a volta por cima, que tinham passado por momentos difíceis, ou que simplesmente estavam chateadas e precisavam desabafar, resolvi perder a vergonha: aquela era MINHA vida e não havia porque me envergonhar! Li um post engraçadíssimo hoje no Facebook dizendo que 2015 foi o ano em que mais rimos de nós mesmos. Depois daquela onda bizarra de felicidade que as pessoas insistiam em expor, veio a ressaca em saber que não éramos tão perfeitos assim e que precisávamos desabafar. E a internet ficou mais humana e menos perfeita. Ainda bem.

Postei em um grupo de reeducação alimentar outro dia essa mesma história, mas focada na forma como me alimentava, e obtive mais de 1000 curtidas (!!!) e fiz muitos amigos!!! Segue a foto que postei:

12362943_1113131748696816_2599494765393491720_o

Estava toda contente porque fui a uma loja e queria muito esse vestido com recorte para usar com uma body chain (aqueles colares de “corpo”) que tenho, mas não tinha coragem de experimentar porque achei que ia ficar horroroso, afinal meu corpo ainda é de uma pessoa com sobrepeso e achei que esse recorte ia denunciar minhas banhinhas fofas. E não é que ficou bom?????? E o que meu inbox ficou LOTADO de pessoas que disseram que meu post foi inspirador? Isso é o mais importante para mim neste momento: ajudar os outros a terem a mesma felicidade que tenho quando passo momentos como esse. Não, e não ligo se alguém achar que é exibicionismo, não ligo para inveja, pra olho gordo… a quantidade de pessoas que ajudo é o que importa pra mim. O resto é resto.

Postei a matéria que saiu na O2 em outro grupo, e também tive um retorno muito positivo, por enquanto são mais de 400 curtidas, isso porque postei esta manhã. E muitos feedbacks inbox também, uma delícia.

É por isso que eu digo que, se soubermos usar de forma sábia as redes sociais, podemos nos beneficiar dessa proximidade e solidariedade que une as pessoas que passam pelas mesmas situações que a gente. Quantas histórias de superação eu li durante esse um ano e meio? Nossa, nem tenho idéia. Eu confesso que AMO quando meus amigos e conhecidos me dão apoio, me sinto como se tivesse um “compromisso” com essas pessoas queridas. E elas vibram a cada vitória minha!

Bom, voltando ao nosso desafio, hoje resolvi ser uma boa menina, fui ao mercado e comprei um monte de coisa pra fazer um detox caprichado.

IMG_0034

Fiz um suco poderoso com: couve, maçã verde, pepino e gengibre. Bati tudo picadinho no mixer com água e coloquei gelo e adoçante (só consigo com adoçante, rsrs) e fiz um Rap10 com recheio de mussarela e orégano, muito bommmm!!! E tô mandando pra dentro muita água de gengibre (e morrendo de calor, porque esquenta mesmo!).

E hoje tem musculação e corrida! Não pode parar! Vamos correr atrás dos nossos objetivos e comemorar muuuuito!!! Não espere 2016 começar, mude de vida já!

Desafio dos dois meses: dias 37 a 40

Padrão

Oi pessoal!!!

Esses dias estão sendo de muito treino e pouca dieta, rs. Tem vezes que o dia-a-dia é corrido e fica complicado fazer as preparações certinhas, deixar os lanchinhos prontinhos… Além disso, comi Mc Donald´s e Pizza!!!

Vou dizer, em minha defesa, que não faço mais questão da Junkie food, como muito raramente e não tenho mais aquela veneração que tinha antes. Posso comer com segurança, pois jamais deixo de treinar no dia que cometo esses pequenos “deslizes”. Por exemplo, no dia em que comi pizza, fui com minha bolsa gigante e toda a parafernalha de academia dentro, rsrs. Cheguei lá super tarde, mas fiz questão de treinar. Dessa forma, não faz diferença na dieta e você satisfaz uma pequena vontade. Desistir assim, é MUITO mais difícil, acreditem em mim.

Hoje estava com tempo, então fiz algumas coisinhas gostosas pra comer:

IMG_9960

Esse pãozinho de queijo proteico é uma das alegrias da minha vida. Uma parte da família tem raízes mineiras, então sou maluca por pão de queijo, rsrs. A receita é mais mole que sentar no pudim:

1 caixinha de creme de leite light
1 pacote de queijo ralado
1 copo (requeijão) de polvilho azedo
1 colher (sopa) de fermento

Bate tudo na mão mesmo, faz bolinhas e leva ao forno pré aquecido, por 35 minutos ou até dourar. Fica di-vi-no!!! Lógico que não é pra comer a forma inteira, hein!!!

Aí estava inspirada e resolvi testar o bolo de fubá de frigideira, que vi no facebook e tinha uma versão fit… Como aqui é blogueirismo verdade, minhas impressões:

IMG_9962

Ingredientes:

1 ovo
3 colheres (sopa) de leite desnatado
2 colheres (sopa) de fubá
1 colher (sopa) de aveia
1 colher (sopa) de fermento em pó
Adoçante culinário

Mexe tudo com a colher e coloca na frigideira antiaderente com uma tampa. Eu não costumo colocar óleo nas preparações que vão na antiaderente com ovo, ele costuma ajudar a desgrudar sozinho, fica bonitinho!!!

Ficou bem bonitinho, douradinho e cheiroso. Só que acho que coloquei pouco adoçante (1 colher de sopa), na próxima vez colocarei duas. E vou comprar erva doce pra salpicar, deve ficar muuuito bom!

Achei prático, fácil de fazer e ótimo pra aqueles dias que exigem uma comidinha mais quentinha, docinha… bom, eu adoro um doce, então pra mim foi uma excelente dica!!! Comi com pãezinhos de queijo, um café com leite desnatado (JAMAIS tomo leite integral, isso é muito importante) e canela… hum, que delícia de café da tarde!!! Emagrecer é passar fome?????????? AQUI NÃO!!!

Hoje fui fazer Zumba e musculação. Mudei de treino novamente, estou pegando firme. Já falei sobre o desafio que é emagrecer sem ficar flácida, e continuo nessa mesma luta. Por mais que eu tenha treinado e feito massagens, é inegável que a obesidade cobrou um preço alto no meu corpo. Treino muito pra não ficar com pele sobrando, e muitas vezes fico frustrada, pois os resultados são muito lentos… Mas enfim, não desanimo!!!

IMG_9984

De óculos na academia, porque hoje tava fogo de enxergar rsrs… tava suadésima, andei tomando muita água de gengibre e estou com muito calor, rsrs…

Bom, espero que tenham gostado das receitinhas e vamos firme até o final do ano com o desafio! Nada de desculpas!

Desafio dos dois meses: dias 3 a 6

Padrão

Oi pessoal!

Hoje foi dia de pesagem e…

Perdi mais meio quiloooo!!! Ao todo são 2,5 quilos a menos em 1 mês! Nada mal!

Tinha imposto uma meta essa semana e faltaram míseros 100 gramas para chegar nela!!! Mas não fiquei triste, porque tinha comido muitas coisinhas gostosas na semana.

E por que não engordei? Um dos grandes segredos da Reeducação Alimentar, além de comer de forma consciente e em pequenas quantidades, é respeitar os horários estabelecidos e se alimentar de 3 em 3 horas SEM FALTA, pois isso ativa o metabolismo e evita ataques de fome.

Faço os seguintes horários:

Café da manhã: 8:00
Lanche da manhã: 10:00
Almoço: 12:00
Lanche da tarde: 15:00
Jantar: 19:00
Lanche da noite: 22:00

  • O café da manhã é uma refeição importante e jamais deve ser pulado. Antigamente eu não comia nada no café da manhã e no almoço estava desesperada de fome!
  • Muitas vezes, no lanche da manhã, nem estou com muita fome mas me “obrigo” a comer uma bolacha, um pãozinho…
  • Almoço cedo mesmo, sei que para alguns parece exagero, mas esse horário regula bem o restante do dia.
  • O lanche da tarde é bem crítico pra mim, pois é um horário que sinto MUITA fome, principalmente após as 16 horas. Por isso sempre como bem nesse horário, senão desconto tudo no jantar.
  • Meu jantar é sempre bem cedo, isso ajuda a fazer uma melhor digestão, pois costumo treinar na academia à noite.
  • O lanche de noite é bem importante também, normalmente faço depois que volto do treino. Embora digam que não se deve comer após as 21:00, no spa, por exemplo, sempre existia o lanchinho da noite, o que evita eventuais ataques noturnos à geladeira.

Sei que para algumas pessoas, é complicado seguir esses horários por conta do trabalho, ou da correria do dia-a-dia, mas tentar investir em lanchinhos práticos, que podem ser transportados com facilidade, é sempre uma boa. Tenha em mãos bolachinhas, biscoitos salgados, frutas que possam ficar sem refrigeração… isso ajuda muito a manter o foco e não cair em tentações.

Temos menos de um mês mas o desafio não pode parar!!! Faltam 7,5kg!!!