Desafio dos dois meses: dias 52 a 55

Padrão

Olá pessoal! Primeiramente, FELIZ NATAL! Que o dia de hoje nos faça refletir sobre o nascimento de Jesus e o amor, que é a coisa mais importante da vida!

Bom, passei quase ilesa pela ceia e almoço de Natal. Claaaro que eu não tinha a ilusão que, comendo tantas delícias, ia perder peso. Mas confesso que é meio frustrante chegar ao final do desafio sem chegar bem pertinho da minha meta.

Mas enfim, uma das coisas mais importantes no emagrecimento não é apenas PERDER, mas sim MANTER. Normalmente, quando a gente perde muito peso, dá uma relaxada, mata a saudade das gordices… Esse ano eu fiz isso e engordei um pouquinho… mas depois meu alerta mental começou a tocar: BEEEEEEEEP BEEEEEP OLHA O PESOOO!!! Readequei a dieta, investi pesado nos exercícios. E voltei ao normal. Mas, definitivamente não foi a mesma dieta que fiz anteriormente.

Pensando neste assunto, coincidentemente, hoje ganhei uma revista Super Interessante, a edição de janeiro, que logo na capa traz uma reportagem sobre calorias:

IMG_0463

Aconselho, quem tiver curiosidade e quiser mais “lógica” para entender de fato o emagrecimento, levando em consideração características fisiológicas do nosso corpo e dos alimentos, que compre essa revista, leia com atenção e pesquise mais sobre os temas abordados.

Por exemplo, uma coisa interessante é a forma como a quantidade de calorias diárias que o indivíduo deve consumir são classificadas, muitas vezes, de forma generalista, quando na verdade, precisam ser medidas de acordo com fatores como: sexo, idade, peso, sedentarismo (ou não)… o que dá a taxa metabólica basal, um dado que fornece uma quantidade mais precisa de calorias a serem consumidas diariamente. Na revista tem como você pode calcular.

Eu uso essa conta há muito tempo, aprendi quando fiz curso técnico de Nutrição, há mais de 10 anos, e funciona mesmo. Recentemente, fiz para o meu namorado, que tem características físicas e biológicas muuuito diferentes das minhas, e a quantidade que ele e eu podemos consumir é totalmente diversa. Apesar de eu pesar menos e ter uma vida mais ativa em relação a exercícios, ele pode consumir bem mais calorias que eu! E com esse cálculo, conseguimos adequar a dieta dele e ele perdeu peso.

E a reportagem fala também sobre a dificuldade de perder mais peso após um declínio significativo. No meu caso, perdi muuuuito, mas é nítida a dificuldade que tenho agora pra perder mais. Não vou me aprofundar no assunto, acho que a revista é mais clara e específica, mas entendendo a lógica do metabolismo fica mais fácil ter paciência e clareza pra seguir em frente.

Mudando de assunto, semana que vem corro a São Silvestre. É uma corrida importante para mim, nunca tive a oportunidade de correr e estou muito ansiosa!!! Não pelo percurso em si, já corri 15km em outras corridas, mas pela sensação de estar prestigiando minha cidade e um evento tão especial.

Força nesse final de ano, e não deixe para 2016 o que você pode começar agora!!! Coma, mas coma com moderação, tente se exercitar e vamos chegar todos às nossas metas no ano que se inicia semana que vem! Não pode parar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s