Em busca de um pace melhor!

Padrão

Oi pessoal!

Ontem fui à academia e estou firme no meu objetivo de correr pelo menos 1km todo dia. Ontem fiz 800m, fui pra aula de zumba, fiz musculação e depois corri mais 1km. Como já estava bem aquecida, resolvi tentar aumentar minha velocidade visando um pace melhor. Para quem não sabe:

“Quem está começando a correr com certeza já ouviu falar no pace, mas você sabe o que é? O pace nada mais é que seu ritmo médio de corrida, medido em minutos por quilômetro, ou seja: marcar em quanto tempo você percorre 1km. Ele é um grande aliado, pois dá ao atleta uma dimensão de sua capacidade e o ajuda a alcançar resultados dentro de suas limitações, sem cometer erros ou exageros que possam comprometer seu desempenho. Saber seu pace é adequar o ritmo do treino ao seu nível de condicionamento. Para chegar a esse número, um treinador precisa analisar sua rotina de treinamentos, sua capacidade física atual e suas metas. “O pace ideal é o ritmo no qual você consegue economizar energia, evitando o desperdício e, se possível, deixar uma sobra para o final”, explicou o treinador Nelson Evâncio em entrevista à revista O2. O pace também é um dado importante na hora de se posicionar dentro da largada de uma corrida de rua e sair no pelotão certo, com tempo alvo semelhante ao seu, evitando tumultos e ajudando a prova a fluir naturalmente.”

Fonte: http://www.biofenac.com.br/index.php/voce-sabe-o-que-e-o-pace-medio/

Até pouco tempo atrás, eu nem tinha idéia do que era isso. Depois, em uma corrida de rua que me inscrevi, um dos dados era meu pace, para largar em um pelotão adequado ao meu ritmo, fui na esteira e medi mais ou menos.

Em uma corrida que fiz ano passado, meu pace foi computado automaticamente numa corrida anterior (através do chip que recebemos antes), porém estava incorreto no sistema do site: bem menor, devia ser de outro corredor, e acabei largando em um pelotão à frente do que estou acostumada. Quase morri nessa corrida. O pelotão larga em um ritmo, e pra não ser “atropelado”, você segue mais ou menos o ritmo dos colegas de prova… e nesse caso eles eram beeeem mais rápidos que eu. O início da prova é determinante pra um bom desempenho no percurso todo, e nessa em especial, tive que andar 1km pra me recuperar, já no final da prova. Foi bem frustrante.

Esse ano, como já mencionei aqui, uma das metas é melhorar meu pace. Corro em mais ou menos 8 minutos por quilômetro, o que é quase um trote na visão de alguns, rsrs. Ontem resolvi que ia tentar 7 minutos por quilômetro e acho que fui bem:

Consegui em menos de 7 minutos, meu ritmo cardíaco estava um pouco mais alto que o normal (monitoro sempre que mudo o treino de corrida, por conta de um probleminha no vaso vagal que tive quando era obesa), mas isso é normal pois o corpo sente a mudança de velocidade, depois estabiliza. Fiquei desse jeito aí da foto: suadésima. Mas suor é ouro pra quem quer emagrecer e não ligo mais de ficar nesse estado, rsrs.

Para melhorar o pace, perder peso também ajuda. A agilidade é fundamental, e estando uns quilinhos mais magra acho que consigo melhorar bem até a minha meta, em março, que é fazer 5km com pace de 6, mais ou menos.

Estava meio preguiçosa pra correr no final desse ano e ter um desafio sempre me motiva. Será que vou conseguir? Conto tudo aqui no blog!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s