Correr na esteira – como lidar?

Padrão

Oi pessoal!!! O tempo aqui em São Paulo não anda muito convidativo para corridas, caminhadas ou afins ao ar livre nos últimos dias. Além de estar bem frio, chove com frequência em horários inconstantes, o que não é muito comum nessa época do ano. Algumas pessoas não ligam e até gostam de se exercitar na chuva. Para mim, uma garoa não incomoda, mas chuva forte me deixa apavorada de pegar uma gripe.

Isso leva muitos corredores a desanimarem ou diminuirem sua frequência de exercícios. Mas existem altenativas, como correr na esteira! Masss… eu sou uma das poucas corredoras que conheço que realmente gosta desse método. Muuuuuitos amigos corredores confidenciam que não suportam se sentir presos a um aparelho, ou sentem uma certa claustrofobia de treinar em ambiente fechado. Concordo que a liberdade das ruas, das pistas ou dos parques, é muito mais atraente do que ficar “preso” a um aparelhinho, sem mudança de paisagem, de pessoas… Porém, nessas situações em que o tempo não ajuda, a esteira é muito prática e funcional. E tem várias vantagens do ponto de vista da qualidade do treino:

  • Controlar velocidade e tempo: você consegue aumentar o ritmo ou diminuir de uma forma mais precisa. Alguns corredores conseguem fazer isso só de “sentir”, mas eu, iniciante, ainda não consigo e seguir um treino de velocidade é mais fácil se eu puder controlar.
  • Variar inclinação: Já disse aqui que pelo menos uma vez por semana eu treino em inclinação de 10% (mas só caminhada), e isso ajuda a ganhar condicionamento e fortalecimento das pernas e core. Nas ruas muitas vezes não temos essa possibilidade ou os declives e aclives são muito acentuados, ou pouco.
  • Programar treinos: Um dos treinos mais importantes de corrida para mim, iniciante, são os trenos de tiro. Ando bem devagar por 2 minutos e corro bem rápido 2. As velocidades meu instrutor que definiu e consigo programar a esteira para isso.
corre.jpg

Há mais de 1 ano e meio assim, rsrs

Desta forma e neste ritmo, consegui, em 1 ano e meio ultrapassar as distâncias de 5km, 10km, 15km e recentemente, a meia maratona. Talvez não seja o treino mais agradável e bucólico, mas é o que está dentro das minhas possibilidades, e mais ainda, do meu tempo.

Algumas dicas para quem não se anima de jeito nenhum:

  • Comece com treinos pequenos, de 1km, 2km, que levam no máximo 15 minutos com pace alto. É um tempo pequeno mas que faz toda a diferença no emagrecimento e condicionamento físico.
  • Baixe músicas que você gosta, faça uma playlist bem animada e entre no clima. Faz uma baita diferença pra mim, não treino sem música!
  • Faça esses treinos fazerem parte da sua rotina e imponha metas realistas: essa semana corro 3x por semana 2km, semana que vem 3km, e assim por diante.
  • Faça amizades ou corra junto com alguém. Tem vezes que estou de saco cheio e alguém vir puxar papo me distrai uns minutinhos, rsrs. Não sou muuuuito de conversar durante os treinos mas às vezes é necessário.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s