Ontem tinha pizza pro jantar…

Padrão

Ontem tive um dia cheio. Fiz muitas coisas, trabalhei e tive aula de inglês. Fui jantar com meus pais e o menu eram duas pizzas enormes com borda de catupiry. O que vocês acham que eu fiz?

a) não comi a pizza, fechei a cara porque sou a revoltadinha da dieta, preparei uma salada de alface e comi sentindo o cheiro da mussarela quentinha;

b) chutei o pau da barraca, afinal “era pizza mesmo”, afinal “jacar é o fim do mundo” e “preciso comer 5 pedaços pra me sentir feliz”;

c) comi dois pedaços e me dei por satisfeita, depois treinei super bem e encerrei a noite feliz e satisfeita por ter tido um jantar agradável na companhia de pessoas que amo. Sem me sentir culpada, afinal faço dieta certinho, exercícios e não são dois pedaços de pizza que vão fazer eu recuperar todo o peso que perdi;

Se você escolheu a alternativa c), acertou!!! É assim que lido com as tentações, desde o início do processo de emagrecimento. Claro que pizza não é a opção mais saudável, claro que engorda (e muito), mas infelizmente meu corpo não criou automaticamente uma aversão a comidas que amo.

Já falei sobre as “jacadas” aqui no blog, e o quanto é importante não fazer disso um hábito e saber voltar ao foco. Restringir muito não vai te ajudar se você é como eu, uma pessoa que REALMENTE gosta de comer. E outra, não elimine o contato social por causa de uma dieta. Gente, é um processo lento, você não vai passar um tempão sem comer uma pizza com os amigos, uma feijoada com a família, um bolo na festa de aniversário do seu sobrinho… se você fez tudo certinho no restante do tempo, se permita um agrado. Sinta o sabor, aprecie. Não coma com culpa, CULPA ENGORDA.

20160818_193314

Depois da pizza, até o sorriso fica mais bonito, hahaha!

Essa foto tirei logo depois da minha jacadinha. Olha o sorriso da moça!

Fiz muitas alterações na alimentação esses dias. Desde que me recuperei da sinusite, passei a fazer refeições melhores e mais conscientes, mesmo que desacelerassem o processo de emagrecimento. Adotei a batata doce como componente essencial mesmo (e depois que aprendi a fazer em 3 minutos no microondas, ficou show, tem a receita aqui no blog!), coloquei ao menos um nutriente “poderoso” nas refeições (legumes e verduras) e passei a tomar muito mais água.

Estava muito na pegada de tapioca-biscoitos integrais, e esquecendo um pouco dos vegetais e minerais. A mudança foi muito bem-vinda: não desacelerou em nada o processo de emagrecimento, meu cabelo melhorou horrores, minha pele idem. E claro, me sinto infinitamente mais forte. E fazendo algumas trocas que o pessoal da maromba adota (o babado do frango com batata doce, por exemplo), o processo de emagrecimento parece mais fácil e mais eficiente, se não na balança, nas medidas. A foto que tirei ontem é um bom exemplo, achei que meu quadril diminuiu, e a barriga nem se fala!!!

Ajustes aqui e ali e nosso processo fica mais fácil, prazeroso e eficaz. Eu tô na luta há DOIS ANOS, já desanimei, animei, já engordei, já emagreci mas NUNCA voltei nem perto do que eu era antes, no corpo e na mente também.

Faça seu plano, organize-se, defina metas e seja COMPROMETIDO. Esqueça as desculpas. E você vai conseguir!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s