Redefinindo os limites

Padrão

Oi pessoal!

Ano passado, passei alguns meses praticando Yoga na academia onde treino, inclusive comentei com vocês o quanto isso me fazia bem para a respiração nas corridas, postura, flexibilidade e etc.

Com a correria do dia-a-dia, acabei algum tempo sem praticar e semana passada resolvi voltar pra valer, pois acho que faz muita falta uma atividade mais tranquila e que trabalhe a mente e corpo como um todo. Não está sendo fácil voltar depois de tanto tempo, mas percebi que com os mais de 5 quilinhos que perdi no Desafio dos 3 meses, a prática fluiu muuuuito melhor que antes!!!

20160901_081929

Comprei até um mat (tapetinho, rsrs)

Uma coisa curiosa me aconteceu ontem na hora da prática das posições invertidas. Existem várias, mas as que fazemos sempre nas aulas são sobre ombros ou sobre cabeça. Eu sempre fiz, com muuuuuita dificuldade, a sobre ombros mais simples, que é mais ou menos assim:

invertida

A pose nem é tããão complicada, mas o impulso pra chegar nela, pra mim era. Dessa vez, ao fazer, foi muito mais fácil, talvez porque perdi muitos cm de cintura e o obstáculo chamado PANÇA diminuiu, rsrs. Fiz nas duas primeiras aulas apenas a sobre ombros e tudo certo. Ontem, nossa instrutora sugeriu que tentássemos a sobre cabeça, que é assim:

headstand

Olhando assim parece moleza, mas rola todo um preparatório pra chegar nela e eu NUNCA conseguia. Minha cabeça doía, parecia que estava esmagando meu cérebro, e tinha um medo absurdo de virar uma cambalhota estilo palhaço de circo, sabem??? Hahahaah! Aí parei de tentar, mas ontem resolvi que ia fazer só pra falar que estava fazendo. A instrutora veio me auxiliar e eu falei “ah, nem adianta tentar muito porque eu simplesmente não consigo”, e ela disse “por que não consegue? por que está falando isso? vamos tentar e eu te ajudo”.

Fiquei vermelha, roxa, azul, porque tenho vergonha de ser tão desengonçada, mas conforme ela me orientou, simplesmente aconteceu. No fim, depois de poucos minutos eu estava na invertida sobre cabeça , segurei uns bons segundos e ela disse “ué, essa é a primeira vez que você faz? tem certeza?” e eu disse que sim, porque achava que não conseguiria por isso nem tentava com muita dedicação. E nessa hora notei o limite que eu mesma havia me imposto. Ora, eu não tenho problemas de saúde, nem lesões, por que não conseguiria?

Os limites que me impus ao longo dos anos:

  • Não vou conseguir perder 10 quilos, é muita coisa – PERDI
  • Não vou conseguir perder 20 quilos, imagine… sempre desisto no meio do caminho – CONSEGUI
  • 30 quilos a menos? HAHAHAHA, cê tá de brincadeira comigo – ESTOU QUASE LÁ
  • Não vou conseguir correr, perco o fôlego rápido, não consigo correr nem 1km – SOU MEIA MARATONISTA, JÁ CORRI 3 MEIAS MARATONAS (21K)
  • Não vou conseguir recuperar a definição do corpo, vou ficar flácida, feia, pelancuda, cheia de celulite, estria – MEU CORPO ESTÁ MELHOR QUE ANTES
  • Não vou conseguir fazer Zumba, sou desengonçada – FAÇO PELO MENOS 1 VEZ POR SEMANA
  • Não vou conseguir manter o peso, sou viciada em comida – ESTOU HÁ MAIS DE 2 ANOS MANTENDO O EMAGRECIMENTO

Vejam quantas coisas eu me impus ao longo dos anos e que me atrasaram no processo. Eu colocava umas besteiras na cabeça que me diziam que eu não era capaz, que eu não era corajosa… por que isso? Por que não conseguiria se nada além da minha própria teimosia e preguiça me impediam? Quantas desculpas arrumei, quantos dias adiei essas mudanças porque eu mesma me bloqueava?

Eu tinha (e ainda tenho, rsrs, vide invertida sobre cabeça) medos inexplicáveis, e o pior medo é o de TENTAR!!! Tinha medo que rissem de mim, que tirassem sarro da minha cara, que ficassem me olhando, mas e se olhassem, qual era o problema? Na verdade o problema é de quem olha, não meu, rsrs. E lógico, assim como todo mundo há o medo de fracassar, de se sentir incapaz, mas o que é um objetivo sem inúmeras tentativas?

Pense nisso quando não tiver vontade/coragem de começar. Pense que o bloqueio é muito mais mental do que físico. Tenho muitos amigos que têm iniciado suas trajetórias nas pistas, ou que estão perdendo peso, e que estão tendo um enorme sucesso. Porque TENTARAM. Alguns dizem que o blog ajudou. Ué, se a loira gordinha conseguiu vocês também conseguem rsrs.

E alguns me conhecem há muitos anos e sabem que eu não era fitness, eu gostava mesmo era de comer, beber de vez em quando, engordei muito… foi uma mudança MESMO, e radical.

Hoje é sexta, mas por que não começar hoje? Faça escolhas saudáveis no seu final de semana! Faça uma caminhada, uma aula experimental, vá a um parque, conheça a academia do seu bairro, peça para fazer algumas aulas de teste, arrisque alguns trechos de corrida se você já vem praticando a caminhada… DESBLOQUEIE SUA MENTE, REDEFINA SEUS LIMITES! Eu vou redefinir os meus, e não vou parar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s