Sabe aquele gelo que você me deu…?”

Padrão

… EU TÔ USANDO ELE PRA RECUPERAR MEUS MÚSCULOS!

Oi pessoal! Aproveitando essa semana de molho, estou lendo bastante sobre recuperação muscular. Uma das recomendações médicas que nunca dei muita bola foi sobre as compressas de gelo. Dessa vez, tive muito inchaço no braço e o médico recomendou fazer as compressas de 2 em 2 horas por 20 minutos. É um SACO, não vou mentir. Mas sinto o alívio na hora.

Nas corridas, principalmente depois que elas acabam, com muita frequência vejo nas arenas algumas tendas com banheiras e bacias com gelo e o pessoal aproveitando e ficando literamente “imerso”, às vezes o corpo todo…

E lembro que, quando fiz a minha primeira São Silvestre, em 2015, logo depois da prova vim para casa e enchi um balde com água super gelada e coloquei os pés e uma parte das pernas dentro… no dia seguinte estava super bem e quase sem dores!!!

PH15SILV11018

2015, minha primeira São Silvestre e segunda corrida de 15km. Recuperação super OK.

Mas porque o gelo alivia tanto e ajuda na recuperação muscular? Vamos às nossas velhas e boas pesquisas:

“A imersão no gelo ou na água gelada, conhecida como crioterapia, é um procedimento que tem sido bastante utilizado no período de recuperação pós-exercício. Sem dúvida, existem muitas evidências de seu benefício quando utilizada imediatamente após a atividade mais intensa, com o objetivo de contemplar o processo de recuperação. Entretanto, existem algumas considerações que devem ser feitas, dependendo das diferentes situações em que o procedimento possa vir a ser utilizado.

Uma revisão científica muito boa sobre o assunto foi publicada no mês de fevereiro na revista Sports Medicine e suas conclusões são bastante interessantes e de ampla aplicação prática. Segundo os autores, existe um grande número de evidências científicas que indicam que a imersão em água gelada atenua o chamado quadro da  “dor do dia seguinte”, melhorando sensivelmente a recuperação pós-exercício, principalmente do processo decorrente de atividades contínuas ou intermitentes de longa duração. 

Portanto, na recuperação de um treino longo ou uma prova de corrida de longa distância, a imersão em água gelada é uma indicação consensual para melhorar a recuperação. Os trabalhos publicados indicam utilizar temperaturas entre 5 e 10 graus por um tempo em torno de 15 a 20 minutos para o melhor resultado.”

FONTE: http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2016/03/gelo-apos-exercicio-saiba-quando-usar-crioterapia-para-rapida-recuperacao.html

Por outro lado, não se deve aplicar a técnica do gelo se houverem atividades físicas programadas nos dias seguintes, porque o músculo que está em recuperação não renderia da mesma forma.

Interessante saber, não é mesmo? Eu tenho um verdadeiro arsenal de itens para o “pós-corrida”: sprays de arnica, antiinflamatórios, pomadas, cremes… mas acho que o gelo tem um efeito mais imediato e eficaz.

Dia 27/05 vou correr a primeira Meia Maratona de 2017, finalmente!!! Vai ser uma MEIA NOTURNAAAA, que delícia! Amo corridas noturnas, e uma meia noturna vai ser demais!!! Apesar de estar de molho esses dias, acho que vou conseguir completar a prova sim. É a Seven Run, vai ser realizada na USP e terá percursos de 7, 14 e 21km!!!

É isso, pessoal! Bora correr por aí e se recuperar da melhor forma possível! Não pode parar!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s